Churchill: conheçam mais sobre o promissor filme que estreia em 5 de outubro. - NoSet
Cinema

Churchill: conheçam mais sobre o promissor filme que estreia em 5 de outubro.

CHURCHILL segue o icônico primeiro ministro britânico Winston Churchill nos dias do infame Dia D, em junho de 1944. As forças aliadas estavam estacionadas na costa sul da Grã-Bretanha, preparadas para invadir a Europa ocupadas pelos nazistas, esperando a decisão de Churchill se a invasão ocorreria.

Receoso de repetir seus erros da Primeira Guerra Mundial nas praias de Gallipoli, exausto por anos de guerra, atormentado por uma depressão e obcecado em ter seu lugar na história, Churchill também é confrontado com criticismo constante de seus opositores políticos; General Eisenhower e o Comandante Bernard Montgomery.

Somente o incansável suporte de sua brilhante e impassível esposa Clementine pode evitar o colapso mental e físico do Primeiro Ministro e leva-lo à grandeza.

P.S.: o filme mostra alguns dos erros cometidos por Churchill, não se limitando a evidenciar suas vitórias estratégicas. Churchill é uma peça importantíssima da História, mas pouco se mostrou de seu lado humano, de suas limitações e medos. Creio que este novo longa-metragem será um passo importante para que conheçamos e busquemos novas informaçoes sobre as nuances do fardo de ser um líder. Há muito a se aprender com o passado e, obviamente, este filme poderá ser uma boa ferramenta para despertar a curiosidade sobre um dos mais importantes momentos históricos da humanidade.

Franz.

CHURCHILL tem direção de Jonathan Teplitzky (Uma Longa Viagem, Marcella), baseado no roteiro original do historiador britânico Alex von Tunzelmann (Medici: Masters of Florence), em seu filme de estreia. O filme é produzido por Nick Taussig e Paul Van Carter (The Guv´nor, My Name is Lenny), junto com Piers Tempest (The Journey, The Wife) e Claudia Bluemhuber (Sob a Pele, Negocio das Arábias).

O elenco de CHURCHILL é liderado por Brian Cox (Guerra e Paz, Sem Saída, Coriolano), como o lendário Winston Churchill, Miranda Richardson (Harry Potter, Traídos pelo Desejo), como Clemmie, esposa e confidente do Primeiro Ministro, John Slattery (Spotlight, Mad Men) como General Eisenhower, Comandante Supremo das Forças Aliadas nas operações do Dia D e Julian Wadham (A Dama de Ferro, Cavalo de Guerra) como o Comandante Militar Britânico Marechal de Campo Montgomery.

Em torno do elenco chave estão Richard Durden (Dickensian, Anônimo), como o Marechal de Campo Jan Smuts, da África do Sul, Ella Purnell (O Lar das Crianças Peculiares, Malévola), como a Helen Garret, secretária de Churchill, e James Purefoy (The Following, No Topo do Poder), como Rei George VI.

Por trás das câmeras, o talento criativo inclui o diretor ganhador do BAFTA David Higgs (Trilogia Red Riding: 1983, RocknRolla), o figurinista Bart Cariss (My Name is Lenny, The Night Manager), Designer de produção Chris Roope (Guerra e Paz, Nativity), maquiadora Cate Hall (O Homem que viu o Infinito), editor Chris Gill (Extermínio, O Exótico Hotel Marigold), e o compositor Lorne Balfe (Lego Batman – O Filme, Marcella)

PALAVRAS DO DIRETOR

Ambientado nos seis dias da Segunda Guerra Mundial que precederam as invasões à Normandia, CHURCHILL é um retrato intimista e emocional de um dos grandes homens da história moderna, maravilhosamente capturado por Brian Cox em uma robusta e grandiosa performance, em um momento vulnerável e incerto na vida deste grande homem.

Batalhando com o alcoolismo e sua culpa do seu passado que se manifestou em uma espiral de depressão, o filme foca no medo de Winston Churchill de que o Dia D se tornasse em outra Gallipoli, com sua imensa perda de vidas, e no conflito resultante que surge com Eisenhower, Montgomery e o Alto Comando Aliado, enquanto toma parte de uma desconhecida reviravolta na história. Aquela na qual Winston Churchill tenta parar o Dia D!

Movido por um profundo sentimento de culpa de que seria novamente responsável pela morte de milhares de jovens, Churchill decide confrontar os planos de invasão dos Aliados, mas é forçado a confrontar a maior batalha pessoal de sua vida: envelhecer e se tornar irrelevante.

Então, de várias maneiras, o filme é sobre um monstro envelhecendo, um peso pesado caído, tendo que confrontar e se acostumar com a rápida diminuição de seus poderes, de sua influência, e, mais ainda, de sua habilidade de liderar, enquanto os eventos históricos o atropelam.

Estaria ele acabado como um grande líder ou ele conseguiria novamente se levantar?

CHURCHILL é sobre o relacionamento muitas vezes volátil, íntimo, amoroso, porém cada vez mais distante com sua esposa Clemmie, magnificamente interpretada por uma igualmente robusta Miranda Richardson, e sua influência, cuidado e contribuição para a estatura, bem-estar e decisões de Churchill durante os últimos anos da guerra.

Como uma camada dramática no filme, esse relacionamento trabalha para sobrepor a história pessoal com a política, explorando como as duas estavam intrinsecamente ligadas, expondo o preço emocional que Churchill deve pagar pelo dever que eles carregam e o poder que eles têm.

Filmado em um estilo muito íntimo e pessoal, o filme tenta captar essas maquinações de um homem muito proeminente e como esses breves, ínfimos momentos que tão frequentemente definem nossa história, afetam emocionalmente e destacam as grandes e brutais mudanças emocionais que Churchill sofreu.

E, focando nas lutas pessoais de Churchill, e na profundidade e escuridão que ele tem que enfrentar, nós revelamos sua humanidade e emocionalmente contextualizamos como seus feitos públicos realmente foram.

Jonathan Teplitzky, Diretor

Sinopse

Junho de 1944: As forças Aliadas estão organizando um enorme exército no sul da Grã-Bretanha, com o intuito de recuperar o território europeu ocupado pelos nazistas. Apenas um homem se encontra em seu caminho: Winston Churchill (Brian Cox). Por detrás da figura icônica e dos discursos inspiradores, está um homem que já enfrentou a humilhação política, o fracasso militar e até um problema na fala. Impulsivo, por vezes ameaçador, e obcecado com o seu legado para a história, Churchill teme repetir o mesmo erro que, em 1915, levou ao massacre de centenas de milhares de soldados em Galípoli.

Direção: Jonathan Teplitzky
Elenco: Brian Cox, Miranda Richardson, John Slattery
Gênero: Drama
País: Reino Unido
Ano: 2017
Duração: 105 min

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Lançamentos da semana nos cinemas - NoSet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo