Baywatch: SOS Malibu Versão Estendida nos Cinemas (2017):

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de mais uma adaptação de uma clássica série para o cinema. 

Baywatch – O Filme 2017

Dirigido por Seth Gordon, Produzido por Ivan Reitman, Michael Berk, Douglas Schwartz, Gregory J. Bonann e Beau Flynn, roteiro Damian Shannon e Mark Swift, história Jay Scherick, David Ronn, Thomas Lennon e Robert Ben Garant, baseado em Baywatch por Michael Berk, Douglas Schwartz e Gregory J. Bonann, estrelando Dwayne Johnson, Zac Efron, Priyanka Chopra e Alexandra Daddario. Produção Paramount Pictures, Contrafilm e The Montecito Picture Company, distribuído por Paramount Pictures.

Com orçamento de US$ 69 milhões e uma receita de US$ 138 milhões, Baywatch é um filme de comédia de ação americana baseado na série de televisão do mesmo nome. O enredo segue o Salva Vidas Mitch Buchannon e seu time, que, em um esforço para salvar sua praia, tem que derrubar um narcotraficante. A fotografia principal começou em 22 de fevereiro de 2016, na Flórida e em Savannah, na Geórgia. O filme foi lançado nos Estados Unidos em 25 de maio de 2017 pela Paramount Pictures, recebeu críticas negativas e arrecadou US$ 138 milhões em todo o mundo.

Sinopse: Em Emerald Bay, Flórida, o tenente Mitch Buchannon e sua equipe de salva-vidas, incluindo a segunda-em-comandante Stephanie Holden e o veterano CJ Parker, protegem as praias e a baía como parte de uma divisão de elite conhecida como Baywatch. Tendo feito mais de 500 resgates em sua carreira, Mitch é amado pela comunidade, para o aborrecimento do policial local Garner Ellerbee e do superior de Mitch, o capitão Thorpe. Durante uma das patrulhas da manhã, Mitch descobre uma pequena bolsa de drogas lavadas perto do Huntley Club, que agora está sob a posse da empresária Victoria Leeds.

Crítica: Existe dois tipos de críticas que podemos fazer a adaptação da série Baywatch para o cinema. A crítica para os fãs da série e a crítica para os fãs do mega ator Dwayne Johnson, que vestiu a pele de Mitch Buchannon. O foco do diretor do filme não foi dado a série, apenas a utilizando como pano de fundo para The Rock, logo Baywatch não vai realmente agradar aos fãs da série, mas mesmo assim o filme não é de todo ruim com uma boa pitada de comédia e cenas de ação boas para os fãs da série.

Gordon, conhecido diretor de filmes B de comédia como Quero Matar Meu Chefe (2011) e o romance Surpresas do Amor (2008), usou todos os recursos na química improvável entre Dwayne e o bombadinho e ex High School Music Zac Efron (Matt Brody), abusando de piadas de fácil entendimento do público e de efeito rápido, do que de um roteiro inteligente. Sorte do diretor que as piadas funcionam bem e a química também, além do carisma monstruoso que Dwayne transmite em suas cenas e em seu sorriso e seus músculos imensos, que um dia não caberão na tela de cinema.

Em minha opinião, a escolha de Priyanka Chopra, da série Quântico, como Victoria Leeds, vilã do filme, foi o maior erro de Gordon. Além de atuar mal, a atriz é fraca na comédia e pior, na sexualidade que o papel deveria transmitir, já que falamos de Baywatch, e esse foi o segundo maior erro do diretor. Não houve nenhuma sensualidade no filme, as cenas de maio passaram despercebidas,  mesmo na versão estendida de que eu realmente esperava mais do que a versão cinematográfica, nada foi bom e ficar duas horas vendo e ouvindo piadas chega um momento que dá sono.

A participação de David Hasselhoff como Mitch e Pamela Anderson como Casey Jean Parker é tão ridícula e quase sem falas que nem vale a pena citar, mais uma vez os fãs são esquecidos. Em maio de 2017, antes do lançamento do filme, o produtor Beau Flynn disse que tinha planos para uma sequência e que já estavam negociando com Johnson, Efron e os roteiristas Damian Shannon e Mark Swift retornando.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.thor/

Marcelo Moura

Marcelo Moura

http://www.noset.com.br

Moura gosta de Cinema, Tv, Livros, Games, Shows e HQ´s, do moderno ao Cult. Se diverte com o Trash, Clássico e Capitalista. e um pouco de tudo isso você vai encontrar aqui. Muitos dizem que quem escreve é a sua esposa ou mesmo seus três filhos. É ler para crer....

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *