Andy Serkis afirma que "Jungle Book: Origins" será mais obscuro do que o filme da Disney - NoSet
Cinema

Andy Serkis afirma que “Jungle Book: Origins” será mais obscuro do que o filme da Disney

Andy Serkis esta empolgado com a produção do novo filme sobre Mogli. Na entrevista para Collider, Serkis foi questionado se daria certo após o sucesso do “Mogli – O Menino Lobo”, da Walt Disney, que já ultrapassou dos US$ 800 milhões.

“O nosso é para um público um pouco mais velho … É um PG-13, mais uma espécie de macacos filme, uma visão um pouco mais escura, mais perto de Rudyard Kipling.” Serkis disse que os filmes nos dias de hoje são muito cautelosos quando se trata de crianças. “O que é errado”, disse Serkis. “É ótimo para assustar as crianças em um ambiente seguro, porque é uma parte importante do desenvolvimento, e todos nós amamos para ter medo, como crianças, portanto, não deve excessivamente protegê-los.”

“As crianças são tão sofisticados”, continuou ele, “e é por isso que o nosso Livro da Selva é bastante escuro. … É uma história de um estranho, alguém que está tentando aceitar as leis e costumes de uma maneira particular de viver e, em seguida, tem de se adaptar a outra cultura, uma cultura humana, que é claro que ele deve ser capaz de se adaptar, porque esta é o que ele é. Portanto, é cerca de duas espécies diferentes e suas leis e costumes, e nem são inteiramente certo. ”

Por mais que eu ache que filme do Jon Favreau teve sua pitada sombria e obscura, Serkis tem razão e eu acho que quanto mais Mogli melhor, ainda mais a Warner que permite diretores colocar seus pontos de vista e suas analogias sobre o tema, então que venha seu “Livro da Selva” mais sombrio, mais obscuro que da Disney.

A produção da versão do Mogli, alias “Livro da Selva” da Warner já está acontecendo e demonstrando competência nas contratações para equipe técnica e elenco, o estúdio contratou Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar de direção por Gravidade, para ser consultor na adaptação e ajudar Serkis.

O filme também será feito por captura de movimentos e computação gráfica, para o elenco: Rohan Chand (Mogli), Christian Bale (Baguera), Cate Blanchett (Kaa), Benedict Cumberbatch (Shere Khan), Serkis como Balu.

A estreia de Jungle Book: Origins está prevista para outubro de 2018.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo