"A Colheita Amarga": romance ambientado na União Soviética estreia 24 de maio - NoSet
Cinema

“A Colheita Amarga”: romance ambientado na União Soviética estreia 24 de maio

Apesar do nome sugerir um filme de terror, “A Colheita Amarga” conta, a partir de uma tragédia do século 20, a história de amor entre dois jovens na União Soviética. O longa tem sua estreia no Brasil marcada para o dia 24 de maio.

O romance surge enquanto Stalin avança com as ambições da URSS. Um jovem artista chamado Yuri (Max Irons) batalha para sobreviver a fome, aprisionamento e tortura para salvar sua namorada Natalka (Samantha Barks) da fome. Na contramão desse trágico acontecimento, Yuri escapa da prisão e se junta ao movimento de resistência anti-bolchevique, enquanto batalha para se reunir com Natalka e continuar a lutar por liberdade.

Quem vive o protagonista da história é o ator Max Irons, também conhecido por trabalhar em “Terminal”, “A Hospedeira” e “The Riot Club”. Irons estudou a história da Ucrânia e até mesmo fez aulas de desenho para fazer o trabalho do personagem de maneira mais realista na tela. Segundo ele, o jovem “estava interessado no julgamento que Yuri enfrenta, e como ele lida com tal adversidade”.

Após visitar a Ucrânia, terra de seus ancestrais, o roteirista canadense Richard Bachynsky-Hoover ficou obcecado pela história do “Holomodor”, política criada por Stalin na qual fez a população passar fome e ser dizimada nos anos 30. O diretor escolhido foi George Mendeluk, cuja mãe sobreviveu ao “Holomodor” após fugir para o Canadá com seu marido e filho. A distribuição é da California Filmes.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo