As Versões alternativas de Thor (Marvel Comics): - NoSet
Livros & HQs

As Versões alternativas de Thor (Marvel Comics):

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Moura e você pode me seguir no Instagram como marcelo.moura.1253. Thor é um dos mais famosos personagens da Marvel Comics e participa, junto com Capitão América e Homem de Ferro, da trindade original e mais famosa dos Vingadores, apesar do Capitão chegar um pouco depois. Assim como o Capitão, que nem sempre foi o Steve Rogers, a Marvel também fez das suas com o Deus do Trovão e criou versões alternativas do deus asgardiano, algumas ícones, outras nem tanto e ainda há aqueles que apenas empunharam o Mjolnir, sem se transformar. Abaixo uma lista, dos que conseguimos lembrar, que já tiveram o poder do trovão em suas mãos.

Thor Odinson:

Thor é um clássico super-herói que aparece nas HQs americanos publicados pela Marvel Comics. Em sua criação original, O personagem foi baseado na divindade nórdica do mesmo nome, com ingredientes como em sua aparência em Dartagnan dos três Mosqueteiros (Alexandre Dumas), é o deus Asgardiano do trovão e possui o martelo encantado Mjolnir, que lhe dá a habilidade de voar e manipular o clima entre seus outros atributos sobre-humanos .Estreando na Era de Prata das HQs , Thor apareceu pela primeira vez em Journey into Mystery número 83 em agosto de 1962 e foi criado pelo roteirista-editor Stan Lee , o roteirista Larry Lieber e o Jack Kirby . Membro fundador da equipe dos Vingadores. Era possível ver Thor em várias aventuras andando a cavalo e não em sua charrete puxada por seus bodes da mitologia nórdica. Thor já teve várias adaptações e versões não tão populares assim, assim como sua história se adapta de acordo com a época.

Red Norvell:

Parte de uma equipe de documentários trazida para Asgard por Loki, Roger ” Red ” Norvell conhece e se apaixona por Lady Sif. Red Norvell é dado as Manoplas de Ferro de Thor e Cinto de Força por Loki para competir com Thor por afeição de Sif, entrando em combate com o Deus do Trovão e pegando seu martelo, sem perceber que isso era parte de um plano mestre de Odin, para criar um substituto do Deus do Trovão, e morrer lutando a Serpente Midgard, para que no Ragnarok se cumprisse a profecia. Norvell voltou a aparecer em outras aventuras, e em uma história, Odin revela a Thor que Norvell era na verdade a alma perdida de seu primeiro filho Thor, morto em um antigo Ragnarok. Como os deuses nórdicos são amaldiçoados a voltar após cada evento do Ragnarok, Odin decidiu trazer um novo personagem para esta história, e assim, fez com que um novo Thor nascesse, uma mistura de Asgard com Midgard. Daí a explicação de que porque na mitologia nórdica humana Thor aparece ruivo e não loiro. Após revelar tudo isso, Odin fez com que Thor perdesse a memória e se esquecesse destes fatos revelados, e graças aos deuses nós também, e esta cronologia milagrosamente foi esquecida por todos.

Bill Raio Beta:

Bill Raio Beta pertencente a raça alienígena korbinita, que teve de fugir de seu planeta natal, que seria destruído por Surtur, iniciando uma viagem em estase. Antes da viagem, Bill foi modificado geneticamente para ganhar poderes a fim de defender sua raça durante a viagem. Thor a pedido do coronel Nick Fury, intercepta a nave de Bill e seu povo, Ferocimea, mas é atacado por este, que o confunde com um inimigo. Durante a batalha, Bill consegue empunhar Mjolnir, ganhando os mesmos poderes divinos de Thor. Em seguida, Odin, pai de Thor, transporta Bill até a cidade de Asgard pensando que este seria o seu filho. Após descobrir o engano, chama o verdadeiro Thor. Os dois guerreiros reivindicam a posse de Mjolnir, então Odin resolve o impasse através de um duelo entre os dois. Bill vence, mas não sente-se bem em possuir o martelo, mesmo precisando para salvar sua raça. Assim Odin cria um novo martelo, chamado “Rompe Tormentas” (Stormbreaker, o mesmo do filme Vingadores: Guerra Infinita) e o entrega a Bill, dando-lhe poderes semelhantes ao de Thor. Desde então, Bill e Thor viraram aliados. Bill Raio Beta, Thor e Sif viajaram ao portal de onde saiam os demônios que atacavam a frota korbinita. Após os festejos da vitória em Asgard, Odin passa o encantamento de Thor para Bill, transformando seu corpo ao estado natural, anterior a modificação genética. Com isso, Thor não conseguia mais transformar-se no Dr. Donald Blake ao ficar mais de um minuto sem tocar o martelo. Bill e Sif protegem os outros korbinitas até encontrarem um novo planeta natal. Após isto, Bill tornou-se um dos protetores de Asgard e do Universo. Bill Raio Beta aparece nas animações do Surfista Prateado, dublado nos EUA por Karl Pruner, na animação Planeta Hulk, dublado por Paul Dobson e na série animada The Avengers: Earth’s Mightiest Heroes, dublado nos EUA por Steve Blum.

Eric Masterson:

Thor inicialmente se uniu ao arquiteto Eric Masterson para salvar a vida dele quando foi ferido como um espectador durante uma das batalhas de Thor. A ligação permite que Masterson se transforme em Thor enquanto a mente de Thor ganha controle. Mais tarde, Thor é punido por matar Loki e é exilado. Masterson mantém a posse de Mjolnir e a capacidade de se transformar em Thor, continuando como membro dos Vingadores e protetor da Terra. Thor é libertado do exílio quando provado sua inocência, mas pede que Masterson continue servindo como Thor em seu lugar. Enganado pela Feiticeira, Masterson ataca Thor, e logo depois entrega Mjolnir por não se achar digno. Em gratidão por seus serviços, Odin fornece Masterson com uma maça encantada, Thunderstrike, cujo nome ele usa como seu novo nome de guerra. Mais tarde ele heroicamente se sacrifica para derrotar o deus egípcio Set. A arma e o nome Thuderstrike são então assumidos pelo filho de Masterson, Kevin. As habilidades de Eric são derivadas da maça Encantada feita de metal místico de uru, que é quase indestrutível, trabalhada pelos anões asgardianos Brokk e Eitri, e recebe os seguintes encantamentos de Odin. Ao bater com a maça esta reverte o Eric à forma humana mortal, vestido com qualquer roupa que ele usasse naquela forma, com qualquer dano físico totalmente curado com a exceção de certas magias místicas como a Marca da Morte de Seth, enquanto a maça se transforma em uma bengala de madeira. Ao carimbar a bengala no chão, Eric Masterson transforma-se novamente em sua forma sobre-humana, barbudo e vestido com o manto, enquanto a bengala novamente se torna a maça. A maça em si pode ser lançada por grandes distâncias e retorna ao ponto de onde é lançada. Ao atirar a maça e agarrar a correia, Thunderstrike pode voar (semelhante ao Mjolnir). Ele pode usar a maça para disparar poderosas explosões de energia mística. A maça magicamente permite-lhe sobreviver às condições adversas do espaço exterior, incluindo a falta de oxigênio. A maça também pode ser usada para rastrear várias fontes de energia e tem a capacidade de criar vórtices místicos para viajar de um lugar para outro. As habilidades físicas do Thunderstrike são aprimoradas em níveis sobre-humanos, incluindo sua força, velocidade, durabilidade, agilidade, reflexos e resistência. Como Thunderstrike, ele foi um dos heróis mais fortes do Universo Marvel, apesar de sua força não se aproximar do nível de Thor. Ele é um formidável combatente corpo-a-corpo e recebeu treinamento de combate do Capitão América e Hércules.

Jane Foster:

Foster foi a única personagem da Marvel a empunhar o Mjoilnir em dois momentos diferentes de sua história das HQs.  Na série What If? Número 10 lançada em agosto de 1978, também conhecida no Brasil como: O que aconteceria se…, ao invés de Donald Blake, quem encontra o cajado mágico é Jane Foster. Ao ler a inscrição e bater com a madeira no chão, Jane se transforma em Thordis, a deusa do trovão. Com seus novos poderes ela resgata Donald Blake que estava em perigo. Mais tarde Odin a força a dar seu martelo para Blake, que assim se transforma em Thor, como ele havia planejado antes. Jane permanece em Asgard e mantém seus status de deusa, acabando por se casar com Odin. No novo arco narrativo batizado de “Guerras Secretas”, um resquício do Pecado Original, Thor Odinson, o Deus do Trovão, é substituído por Jane Foster. Até o começo de maio, a identidade desse “novo Thor” ainda era um mistério, mas a oitava edição da série esclareceu a questão. Ela agora empunha o martelo Mjölnir e é considerada a Senhora do Trovão, e em algumas aventuras, a parceira do antigo Thor, agora chamado apenas de Odinson, que usa agora como arma de combate seu antigo machado de batalha Jarnbjorn. Jane possui um câncer de mama, mas quando se transformar se cura da doença.

Thor Gir (Tarene Olson):

Thor Girl, também conhecido como Tarene Olson, é uma super-heroína da Marvel Comics criada pelo escritor Dan Jurgens e artista John Romita Jr.. Tarene apareceu pela primeira vez em Thor “Tears of the Gods” vol. 2, número 22 em abril de 2000. No início dos tempos, um feiticeiro alienígena chamado X’Hoss previu a criação do Designado, um ente que ajudará a evoluir os seres para o próximo nível de existência. Bilhões de anos depois, Tarene nasceu. Sobre ela cai o destino de ser a destruidora do mal e, juntamente com outros, procurar uma maneira de detê-lo. Enquanto isso, Thanos (mais tarde explicado que era na verdade um clone do Thanos original) obtém o conhecimento de X’Hoss e destrói o mundo natal de Tarene, mas Thor e Orikal ajudam Tarene a derrotar o vilão. Tarene depois se transforma em uma deusa Asgardiana e se torna a fiel aliada de Thor, assumindo o nome de “Thor Girl” e a identidade humana da “prima” Tara de Jake Olson, quase uma cópia descarada da Supergirl.  Tarene tenta ajudar Thor em suas aventuras como em confrontos contra o Gladiador e o Nullitor. Em uma história Tarene é transferida para a armadura do Destruidor por Loki, fazendo com que ela lute contra Thor. Com a ajuda de Amora, eles encontram o corpo de Tarene e Odin a joga de volta ao seu corpo, onde ela se vinga de Loki. Em uma batalha posterior contra um Surtur ressuscitado, Tarene sacrifica quase todos os seus poderes cósmicos para derrotá-lo. Após a aparente morte de Odin, Thor Girl perde a maioria de seus poderes cósmicos, mantendo o nível dos poderes que tinha como Thor Girl.  Tarene retorna à Terra em uma tentativa de viver uma vida normal como Tara Olson.

Dargo Ktor (Thor 2)

Dargo Ktor, também conhecido como Thor III , apareceu pela primeira vez em Thor Vol. 1, número 384 em outubro 1987, por Tom DeFalco (textos) e Ron Frenz (desenhos). Um futuro alternativo distópico (Terra-8710) oprimido por um regime chamado Corporazione, Dargo, juntamente com sua namorada Salla, participam de uma cerimônia chamada “O Culto do Martelo”, um culto cujos seguidores tentam criar o Mjolnir na esperança de que um deles se torne o herdeiro de Thor. No momento em que Loki, temendo as intenções do culto, aliado com a Corporação, envia suas tropas para parar o ritual, Dargo agarra Mjolnir se tornando o novo Thor e derrotando os seguidores do “Deus das Trapaças”, que para evitar outras batalhas decide Destruir a Guilda.

Mulher Maravilha:

Um dos grandes momentos das HQs foi um dos crossover entre as mais poderosas empresas do ramos, Marvel e DC. Na década de 90 as duas empresas resolveram decidir, através de uma votação popular, qual dos seus heróis sairiam vencedores em um combate de igual para igual, assim colocando seus heróis para decidirem tudo na porrada, personagens mais famosos em batalhas, como Wolverine vs Lobo ou Jubileu vs Robin. Em uma delas aconteceu o confronto entre Mulher Maravilha e Tempestade, em Marvel vs. DC número 2 em 1996. Em um desses combates, Thor perde seu martelo que cai próximo a amazona da DC. Diana sente um grande poder ao levantar o Mjolnir, mas Tempestade não recua mesmo assim. Durante a luta, a Mulher Maravilha deixa o martelo cair e após muita porrada ela perde a luta. Dessa vez a vitória foi para o lado da Marvel.

Tempestade:

Sim, não poderíamos esquecer da rainha das tempestades e uma das líderes dos mutantes mais famosos da Marvel. Durante os anos 80, os X-Men e os Novos Mutantes, no ápice de sal fama nas HQs, foram levados à Asgard como parte de um plano de Loki, e o vilão deu a Tempestade um martelo chamado Stormcaster com todo o poder do Deus do Trovão. Ao descobrir os planos de Loki e que estava sendo enganada, a heroína abre mão do artefato, mas não sem antes atacá-lo e derrotar o deus da trapaça. Muito tempo depois, durante a história de Siege, Tempestade utiliza o Stormcaster mais uma vez, e no final, usa o Mjolnir para destruí-lo.

Thor 2099:

Situado no ano de 2099, o papel de Thor é tomado por um homem chamado Cecil MacAdam, que pertence a uma classe de sacerdotes conhecidos como “Thorites” que adoram a versão original de Thor. Avatarr, o CEO da Alchemax, concede a ele e aos outros os poderes dos deuses nórdicos, juntamente com a lavagem cerebral que os convence de que eles são realmente os deuses e os mantém sob seu controle. Após várias viradas e reviradas, a verdade é revelada e a Nova Asgard cai, assim como termina a história com o Mjolnir caindo nos esgotos e resgatado por um misterioso homem, a quem todos acreditavam ser Thor. Mais tarde, em “2099: Manifest Destiny”, é revelado que um rejuvenescido Steve Rogers encontra Mjolnir e se torna o novo Thor. Ele dá Mjolnir para Miguel O’Hara (Spider-Man 2099) no final da história.

Odin Allfather:

Sabe-se que na criação do Mjolnir, séculos atrás, pelos anões com o metal de Uru, para presentear Odin, Thor ainda era um adolescente e não tinha força física para empunhar tal arma. Neste período, em algumas histórias, podemos ver Odin, o Allfather (Pai de Todos) empunhando o Mjolnir como arma de guerra e símbolo de poder. Também a algumas histórias em que o pai de Odin, Borr, também levanta com facilidade a arma. Em uma edição chamada de Vingadores de 1.000 AC é possível ver Odin empunhando o Mjolnir em uma aventura com outros personagens clássicos da Marvel, repaginados para este período da história, e se não me engano, no primeiro filme do Thor para o cinema, Odin está com Mjolnir nas mãos ao enfrentar os Gigantes de Gelo em uma guerra em Jotun.

Thor Ultimate Marvel:

Thor é um membro da equipe de super-heróis dos Ultimates no Ultimate Marvel Universe. Apesar de suas alegações de ser um deus nórdico, ele é considerado por muitos humano beberrão e delirante durante os primeiros meses de sua carreira, até que é visto convocando um exército de guerreiros Asgardianos para se defender de um ataque em Washington DC pelas forças demoníacas comandadas por Loki. Finalmente os companheiros de equipe percebem que ele é exatamente quem ele diz ser, Thor, O Deus do Trovão. Este Thor já teve sua versão apresentada em duas animações da Marvel dos Supremos, lançado direto em DVD, e a versão cinematográfica do Universo Marvel tem várias de suas influências, principalmente em relação ao seu alter ego, Donald Blake e ao seu Martelo, aqui o Rompe Tormentas no inicio de sua carreira, Martelo também utilizado pelo Bill raio Beta.

Capitão América:

Da Marvel tivemos situações em que um Thor abatido, outro merecedor deste poder também levantou o Martelo, sem se transformar em Thor, talvez pela proximidade com o Deus do Trovão na batalha. Entre eles o Capitão América já levantou o Mjolnir em algumas ocasiões, mas nunca se transformou. No filme dos Vingadores: A Era de Ultron, Steve Rogers, o Capitão América, em um desafio, mexe levemente o Mijolnir, deixando Thor bastante nervoso. Se alguém mais fosse merecedor do poder de Thor, o Capitão estaria realmente no topo desta lista. O Visão no filme Vingadores: A Era de Ultron, assim como o Capitão nas HQs consegue levantar o Mjolnir e entregar a Thor, mas não se transforma no mesmo ou parece conseguir acessar os poderes da arma.

Hulks:

Em uma polêmica HQs o Hulk Vermelho, ao lutar com Thor no espaço e na Lua, onde não existe gravidade, consegue manipular o Mjolnir, mas não se transforma no Thor. O Hulk original tentou várias vezes levantar o Mjolnir, na animação Hulk vs Thor, ele não conseguiu, mas em outra animação dos Vingadores chamada Os Supremos (Ultimate Avengers), Hulk consegue levantar o martelo alternativo chamado Rompe Tormentas, mas como neste universo não existe o feitiço de Odin, ele consegue apenas arremessar a arma contra seu dono.

Superman:

Em um outro famoso cross entre a Dc Comics e Marvel isso ocorre. Em Vingadores vs Liga da justiça, em uma luta entre Thor e Superman, o Kriptoniano segura o martelo evitando assim um golpe de Thor contra o mesmo e assim derrotando Thor. Logo após, unidos, Thor e Capitão América estão abatidos e cabe ao Superman empunhar o escudo e o martelo dos nossos ícones heróis para derrotar o vilão. O Curioso é que quase no final, com a batalha já ganha, Superman não consegue levantar e devolver o Mjolnir, em uma terceira vez, ao Thor, dando a entender que só em momentos de conflito, onde Thor está em desvantagem, o mesmo aceita ter outros personagens empunhando-o.

Thor Corps:

Thor Corps é um supergrupo da Marvel Comics formado por Thor e os outros personagens que possuem os poderes do deus Asgardiano: o alienígena Beta Ray Bill , Eric Masterson também conhecido como Thunderstrike e Dargo Ktor , o Thor do futuro. Eric Masterson, antes de se tornar Thunderstrike, estava procurando o Thor original, que havia desaparecido misteriosamente e do qual não havia traços, mas na verdade, foi preso no limbo de Mephisto,  quando foi atacado por Dargo Ktor, que veio ao seu passado acreditando que Eric era um impostor que matou o deus original do trovão para tomar o seu lugar. O choque entre os dois causou vibrações cósmicas que foram sentidas pelo martelo de Beta Ray Bill , que chegou até eles para parar a luta entre os dois. Dargo Ktor explicou que ele havia sido enganado por Zarkko, o homem de amanhã ; então os três formam uma equipe, onde Bill assumiu o papel de “irmão mais velho”, pronto para separar Dargo e Eric, cuja natureza impulsiva os torna muito parecidos, mas sempre prontos para lutar uns contra os outros. Girando os martelos encantados juntos eles conseguiram se teletransportar para o futuro, onde encontraram Zarkko, os três Thors juntos conseguem vencer Zarkko e seus aliados: Cobra , Demonstaff , Executor , Gargula Cinzento, Loki, Mercúrio , Shatterfist, Tyros (Troll) ) e Uroc (Rock Trolls). Dargo foi posteriormente acompanhado por Eric Masterson e Beta Ray Bill, já com o nome de Thunderstrike, quando Demonstaff sequestrou Salla e forçou Dargo a viajar a tempo de salvar sua esposa Ellene. A mulher realmente não precisava de ajuda, tendo se aliado a Kagul, senhor do reino em que se encontrava. Juntos, Dargo, Eric e Beta Ray conseguiram invocar o verdadeiro Thor e derrotar Demonstaff. Embora cada um dos membros sempre tenha preferido operar sozinho, o vínculo espiritual entre os três é muito forte, e o trio se uniu em várias ocasiões, sem nunca se tornar um grupo oficial como os Vingadores ou o Quarteto Fantástico.

 

 

Clique para comentar

Deixe uma resposta

NoSet é um lugar para se divertir e descobrir curiosidades sobre cinema, séries, HQ’s, games, músicas, livros e muito mais. Além de notícias você também pode ouvir nossas opiniões pelo podcast, sempre de um jeito inteligente e descontraído. Sejam bem-vindos e sintam-se na poltrona do seu cinema favorito.

Assinar NoSet por Email

Digite seu endereço de email para receber notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 118.164 outros assinantes

Facebook

Copyright © 2016

Topo